Dilma defende unidade de partidos da base na eleição

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, defendeu hoje a unidade entre os partidos da base aliada na disputa eleitoral para a Presidência da República este ano. "Os governos geralmente mostram mais unidade quanto mais unificam suas candidaturas", defendeu a ministra.

TÂNIA MONTEIRO, Agencia Estado

28 de janeiro de 2010 | 15h37

Dilma confirmou que no encontro de ontem com o governador de Pernambuco e presidente do PSB, Eduardo Campos, sobre o apoio da legenda a uma candidatura única, foi apenas uma primeira conversa e que ficou acertada um novo encontro em março.

O deputado Ciro Gomes (PSB-CE) tem interesse em disputar a presidência, mas o presidente Luiz Inácio Lula da Silva defende uma eleição plebiscitária, entre uma candidatura do governo confrontando a da oposição, representada provavelmente pelo governador de São Paulo, José Serra (PSDB).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.