Dilma defende importância do capital nacional na aviação

A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, defendeu ontem a predominância do capital nacional no setor de aviação do País, mas não justificou os motivos. Ela falou sobre o tema, ao ser questionada sobre a fusão da TAM Linhas Aéreas com a empresa chilena LAN, nesta manhã.

ROSA COSTA, Agência Estado

15 de agosto de 2010 | 15h37

Ela fez campanha na Feira do Produtor, localizada a 20 quilômetros do centro de Brasília, rodeada por candidatos aliados e por simpatizantes petistas. Dilma começou dizendo que não tinha o que falar sobre a fusão, porque não tinha acompanhado as articulações das duas empresas. "Não participei dessa discussão, tomei conhecimento pelos jornais, da mesma forma que vocês", justificou. "Só espero que, diante do tamanho do Brasil, haja um predomínio do capital nacional", defendeu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.