Dilma cumprimenta Correa por sua reeleição como presidente do Equador

A presidente Dilma Rousseff telefonou nesta segunda-feira para cumprimentar o presidente do Equador, Rafael Correa, por sua reeleição, afirmou a Secretaria de Imprensa da Presidência da República.

Reuters

18 de fevereiro de 2013 | 21h13

Correa, de 49 anos, derrotou seu principal rival na votação de domingo com 30 pontos percentuais de vantagem. No poder há seis anos, ele terá agora mais quatro anos de mandato.

Segundo a secretaria, Dilma afirmou que o triunfo de Correa representa uma vitória não apenas para a democracia do Equador, mas também para toda a região.

Ela disse que "a eleição demonstra uma clara opção do país pelo desenvolvimento com justiça social", segundo a secretaria.

Correa agradeceu o telefonema e convidou Dilma a visitar o Equador. Ele manifestou a intenção de trabalhar junto com o governo brasileiro para desenvolver ainda mais as relações entre os dois países.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

Tudo o que sabemos sobre:
POLITICADILMAEQUADOR*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.