Dilma cumpre agenda de três dias esta semana no RS

Ex-ministra da Casa Civil tem resistência do PMDB gaúcho para garantir apoio a seu nome na candidatura

Sandra Hahn, da Agência Estado

14 de abril de 2010 | 13h24

A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, terá três dias de agenda nesta semana no Rio Grande do Sul, dedicados a reuniões com empresários e movimentos sociais. Nesta quinta-feira, 15, Dilma participará de reunião-almoço na Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs) e, na sexta-feira, 16, repetirá a mesma atividade na Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias do Sul. A CIC deve apresentar a Dilma uma pauta que inclui obras de infraestrutura na região nordeste do Estado, como um trem de passageiros e cargas e um novo aeroporto, exemplificou o presidente da CIC, Milton Curlatti. O almoço com Dilma já tem 300 lugares reservados.

 

Além do palanque do petista Tarso Genro, Dilma enfrenta resistência do PMDB gaúcho para garantir apoio ao seu nome. Oficialmente, o PMDB estadual afirma estar comprometido com a tese de candidatura própria à Presidência, mas líderes do partido demonstram preferência pelo tucano José Serra. A petista está em desvantagem nas pesquisas entre o eleitorado gaúcho. Levantamento do Datafolha realizado entre os dias 30 e 31 de março e publicado pelo jornal Zero Hora no último dia 4 indicou 45% de intenções de voto para Serra e 27% para Dilma em um cenário com Ciro Gomes (PSB), que recebeu 7%, e Marina Silva (PV), com 6%.

 

A agenda da ex-ministra prevê ainda uma palestra sobre "Mercosul e União Europeia: integração e desenvolvimento", na quinta à noite, e um encontro com movimentos sociais, sindicais e cooperativas no sábado pela manhã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.