Dilma convidou PROS para ministério, diz líder

O deputado federal Givaldo Carimbão (AL) afirmou na noite desta segunda-feira, 11, que a presidente Dilma Rousseff convidou o PROS - sigla liderada pelo parlamentar na Câmara - para integrar o ministério do governo com a reforma planejada para o final deste ano.

RICARDO DELLA COLETTA E RAFAEL MORAES MOURA, Agência Estado

11 de novembro de 2013 | 22h48

"Ela nos convidou, ela fez um convite. Em dezembro, ela disse que na reforma ministerial gostaria da participação do PROS no governo", afirmou Carimbão, ao sair da reunião de líderes com a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, e com a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, e da Saúde, Alexandre Padilha.

O líder do PROS disse que não foi discutido qual pasta seria reservada à sigla, mas adiantou que o nome defendido pelas lideranças do partido é a do ex-governador do Ceará e ex-ministro da Fazenda Ciro Gomes.

Carimbão afirmou ainda que, quando sondado sobre um possível ministério, Ciro teria descartado a hipótese. Como deixou, ao lado do irmão e governador do Ceará, Cid Gomes, o PSB, presidido pelo governador de Pernambuco Eduardo Campos, que articula sua candidatura à Presidência, Ciro não queria ser acusado de ter trocado a sigla de olho numa cadeira ministerial, segundo o líder do PROS. "Se ele (Ciro) fica com um ministério vão dizer que ele mudou (para isso)", justificou o deputado.

O líder do PROS, que formou recentemente um bloco com o PP da Câmara e faz parte agora da terceira maior bancada da Casa, disse ainda que vai viajar ao Ceará em breve para tentar convencer Ciro a mudar de ideia. "Se depender de mim, trabalharei nessa direção". Perguntado sobre qual pasta seria a mais adequada para o partido, Carimbão desconversou: "O Ciro tem capacidade para tudo".

Tudo o que sabemos sobre:
DilmaPROSministério

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.