Antonio Scorza/AFP
Antonio Scorza/AFP

Dilma conversa com Argentina e Uruguai para tratar do Paraguai

Discussão ocorre após Mercosul anunciar a suspensão paraguaia na próxima reunião de cúpula do grupo

REUTERS

25 Junho 2012 | 16h44

BRASÍLIA - Os presidentes de Brasil, Argentina e Uruguai realizam nesta segunda-feira uma reunião, por meio de videoconferência, para discutir a situação política no Paraguai, informou à Reuters uma fonte do Palácio do Planalto.

Veja também:

link Espanha diz que apoia Mercosul e Unasul em gestão de crise no Paraguai

link Peru coordena encontro da Unasul para discutir Paraguai

A reunião entre a presidente Dilma Rousseff, sua colega argentina, Cristina Kirchner, e o uruguaio, José Mujica, ocorre após o Mercosul, bloco formado pelos três países mais o Paraguai, ter anunciado a suspensão da representação paraguaia da próxima reunião de cúpula do grupo.

A reunião do bloco será nesta semana na cidade argentina de Mendoza, por conta do impeachment do ex-presidente paraguaio Fernando Lugo.

Lugo foi deposto na sexta-feira por ampla maioria no Senado do país. O processo contra ele foi aberto somente na véspera e países sul-americanos que condenaram a decisão afirmam que Lugo não teve garantido amplo direito de defesa.

O embaixador brasileiro em Assunção, Eduardo dos Santos, chamado de volta ao Brasil para consultas no fim de semana, já retornou ao país e deve chegar nas próximas horas a Brasília, segundo uma fonte do Itamaraty.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.