'Dilma continua pré-candidata', diz governador do Piauí

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), afirmou hoje que a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, continua pré-candidata do partido à presidência da República. Ele citou o caso do vice-presidente José Alencar, que, durante todos os anos do governo, "vivenciou com toda força" um tratamento contra o câncer. "A ministra tem a mesma força, o mesmo vigor", disse.

RENATA VERÍSSIMO, Agencia Estado

20 de maio de 2009 | 16h41

Ao chegar ao Ministério da Fazenda para uma reunião com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, Dias ressaltou que a ministra já teve alta hospitalar, depois de ter sido internada com fortes dores em reação à quimioterapia, e argumentou que o objetivo do tratamento na fase inicial é evitar a propagação do câncer para outras áreas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.