Dilma confirma presença em ato contra impeachment em BH

Ato que acontece na sexta-feira será a primeira aparição pública da presidente afastada desde que ela deixou o Palácio do Planalto

O Estado de S.Paulo

18 de maio de 2016 | 20h20

A presidente afastada, Dilma Rousseff, confirmou, nesta quarta-feira, 18, presença em um ato que será promovido por blogueiros contra o impeachment em Belo Horizonte, na sexta-feira, 20. Será a primeira aparição pública da presidente afastada desde que ela deixou o Palácio do Planalto na quinta-feira, 12. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, cuja presença era esperada, desistiu de ir ao ato em Belo Horizonte.

Dilma passou o dia no Palácio da Alvorada onde se reuniu com os ex-ministros Ricardo Berzoini, Giles Azevedo, Juca Ferreira, Tereza Campello, Jaques Wagner e José Eduardo Cardozo. No final da tarde, a presidente afastada concedeu uma entrevista ao canal de TV Russia Today, um dos mais populares da Russia.

Na terça-feira, Dilma falou ao jornalista norte-americano Glen Greenwald, autor das primeiras reportagens sobre o esquema mundial de espionagem da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA), que atualmente mantém o site de notícias The Intercept. Greenwald tem sido um ferrenho crítico do impeachment de Dilma, assim como o Russia Today. Na terça-feira, o canal russo destacava em sua página na internet reportagem apontando três supostos indícios de que os EUA estariam por trás do impeachment da brasileira. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.