Dilma confirma presença em ato contra impeachment em BH

Ato que acontece na sexta-feira será a primeira aparição pública da presidente afastada desde que ela deixou o Palácio do Planalto

O Estado de S.Paulo

18 de maio de 2016 | 20h20

A presidente afastada, Dilma Rousseff, confirmou, nesta quarta-feira, 18, presença em um ato que será promovido por blogueiros contra o impeachment em Belo Horizonte, na sexta-feira, 20. Será a primeira aparição pública da presidente afastada desde que ela deixou o Palácio do Planalto na quinta-feira, 12. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, cuja presença era esperada, desistiu de ir ao ato em Belo Horizonte.

Dilma passou o dia no Palácio da Alvorada onde se reuniu com os ex-ministros Ricardo Berzoini, Giles Azevedo, Juca Ferreira, Tereza Campello, Jaques Wagner e José Eduardo Cardozo. No final da tarde, a presidente afastada concedeu uma entrevista ao canal de TV Russia Today, um dos mais populares da Russia.

Na terça-feira, Dilma falou ao jornalista norte-americano Glen Greenwald, autor das primeiras reportagens sobre o esquema mundial de espionagem da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA), que atualmente mantém o site de notícias The Intercept. Greenwald tem sido um ferrenho crítico do impeachment de Dilma, assim como o Russia Today. Na terça-feira, o canal russo destacava em sua página na internet reportagem apontando três supostos indícios de que os EUA estariam por trás do impeachment da brasileira. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.