Dilma chega para casamento de Kátia Abreu em Brasília

Entre os 150 convidados também estão o ex-presidente José Sarney e o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes

Rafael Moraes Moura, O Estado de S. Paulo

01 Fevereiro 2015 | 20h27

BRASÍLIA - A presidente Dilma Rousseff chegou na noite deste domingo, 1º, ao casamento da senadora Kátia Abreu (PMDB-TO), exonerada do cargo de ministra da Agricultura no último sábado para tomar posse e votar na eleição da presidência da Casa. 

Foram convidadas 150 pessoas, entre elas o ex-presidente José Sarney, o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, e o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, que já chegaram ao local.

O casamento da peemedebista ocorrerá no Recanto das Águas, espaço multiuso com capacidade para receber até 1,2 mil pessoas. O local, afastado do centro de Brasília, possui paróquia própria e é utilizado também para festas de 15 anos e formaturas.

"Eu já sabia da coincidência das datas (do casamento e da posse no Senado Federal), mas não tem o menor problema. Vou me casar às 19h30. Escolhi de propósito, meu aniversário é amanhã (segunda-feira)", disse Kátia a repórteres, antes da votação no Senado. "O cabeleireiro vai estar me esperando daqui a pouco."

Dilma chegou ao casamento sem falar com a imprensa. Funcionários do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) ameaçaram rebocar os carros de veículos de imprensa que ficassem estacionados próximos da entrada do Recanto das Águas.

Mais conteúdo sobre:
Dilma Kátia Abreu

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.