Dilma vai a casamento da filha de senador peemedebista

Presidente ficou pouco mais de uma hora e meia no evento e disse que foi embora cedo porque iria andar de bicicleta no domingo

Anne Warth, O Estado de S.Paulo

20 Junho 2015 | 21h04

Texto atualizado às 23h07

BRASÍLIA - A presidente Dilma Rousseff compareceu neste sábado, 20, ao casamento da filha do senador Eunício Oliveira (PMDB-CE). Dilma ficou pouco mais de uma hora e meia no evento. Ela participou apenas da cerimônia religiosa e não ficou para a festa. Questionada sobre o motivo de ir embora tão cedo, Dilma respondeu: "Porque amanhã tenho que andar de bicicleta". 

Acompanhada do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, Dilma estava com um vestido longo preto e colar de pérolas e foi recebida pelo senador e sua mulher, Monica Paes de Andrade. Segundo informações da Presidência da República, Dilma participou apenas da cerimônia religiosa e não ficará para a festa.

Também foram ao casamento o vice-presidente Michel Temer, sem a mulher Marcela Temer, e os ministros Joaquim Levy (Fazenda), Aloizio Mercadante (Casa Civil), Aldo Rebelo (Ciência e Tecnologia), os presidentes da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), os senadores José Serra (PSDB-SP) e Ciro Nogueira (PP-PI) e o ex-senador Luiz Estevão.

O casamento é de Marcela Paes de Andrade Oliveira e Ricardo Fenelon Junior. A cerimônia e a festa, para cerca de 2 mil convidados, ocorrem na casa do senador Eunício Oliveira, no Lago Sul, área mais nobre de Brasília. O celebrante é o arcebispo emérito de Brasília, Dom Jose Freire Falcão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.