Wilson Pedrosa/AE
Wilson Pedrosa/AE

Dilma chega à Índia acompanhada da filha e seis ministros

Presidente participará da reunião dos Brics, grupo de países emergentes integrado por Brasil, Índia, Rússia, África do Sul e China

Tânia Monteiro, enviada especial de O Estado de S. Paulo

27 de março de 2012 | 08h49

NOVA DHELI, Índia - A presidente Dilma Rousseff já está em Nova Dheli , onde permanece até o próximo sábado, para uma visita oficial ao país e participar da 4ª reunião dos Brics, grupo de países emergentes integrado por Brasil, Índia, Rússia, África do Sul e China. Dilma desembarcou na base aérea de Palam, por volta das 13 horas, oito horas e meia a mais que no Brasil.

Com aparência bastante cansada, Dilma chegou acompanhada da filha, Paula e de seis ministros que integram a comitiva. Na entrada do hotel a presidente recebeu um Bindi, que é um apetrecho utilizado no centro da testa, próximo às sobrancelha, representando o sexto sentido, terceiro olho ou olho da sabedoria.

A presidente evitou dar declarações à imprensa. No caminho, a comitiva presidencial fez uma parada técnica em Granada, na Espanha, onde deu uma volta na cidade e jantou.

Não há programação para hoje. A agenda oficial da presidente Dilma começa amanhã às 14h30, hora local, com a cerimônia de entrega do titulo de doutora honoris causa da Universidade de Nova Dheli. À noite, a presidente participa de jantar oferecido a todos os presidentes dos países integrantes dos Brics, encontro que oficialmente será aberto na quinta-feira.

Na tarde da quarta-feira, Dilma poderá se reunir com o presidente da África, do Jacob Zuma.

Integram a comitiva os ministros das Relações Exteriores, Antonio Patriota, do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Fernando Pimentel, da Ciência e Tecnologia, Marco Antonio Raupp, da Educação, Aloisio Mercadante, da Comunicação Social, Helena Chagas, do Turismo, Gastão Vieira, o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, e o secretario executivo da Fazenda, Nelson Barbosa.(Tânia Monteiro, enviada especial)

Tudo o que sabemos sobre:
ÍndiaDilmaRousseffBricsministros

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.