Dilma cancela evento com Campos

Presidente iria participar de inauguração de estrada com seu possível rival nas eleições de 2014

Rafael Moraes Moura, Agência Estado

22 de março de 2013 | 17h21

A presidente Dilma Rousseff cancelou a ida na próxima segunda-feira, 25, para o Recife, onde participaria da inauguração de um lote das obras de duplicação da Rodovia BR-408, ao lado do governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB, Eduardo Campos. Campos é visto dentro do governo federal como um potencial rival de Dilma na eleição de 2014. 

Na manhã desta sexta-feira, 22, no entanto, ela mantém a agenda prevista no Estado, com a entrega de um sistema adutor em Serra Talhada, a 415 quilômetros da capital de Pernambuco.

Em vez de ir à capital, Dilma segue na tarde da segunda-feira para Petrópolis, na Região Serrana do Rio, onde deverá participar de missa em homenagem às vítimas de deslizamentos na cidade. Pelo menos 30 moradores morreram na região.

Campos encontrou-se com o ex-governador de São Paulo José Serra (PSDB), no dia 15, em mais um movimento para tornar viável a própria candidatura presidencial. A aproximação ocorre no momento em que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) enfrenta insatisfações no PSDB. De acordo com um assessor da administração federal, o encontro de Campos com Serra deve preocupar mais Aécio do que Dilma porque "mostra a resistência interna dentro do próprio PSDB em relação à candidatura do senador".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.