Dilma busca negociação de alto nível com governadores

Na entrevista no Palácio do Planalto, a presidente eleita, Dilma Rousseff, disse hoje que pretende ter "uma negociação de alto nível" com governadores da oposição. Ela relatou ter recebido um telefonema, após a eleição, do governador eleito de São Paulo, o tucano Geraldo Alckmin, e revelou ter ficado satisfeita. "Eu fiquei contente porque recebi a ligação muito correta e republicana do governador eleito do Estado de São Paulo", disse.

LEONENCIO NOSSA, Agência Estado

03 de novembro de 2010 | 13h39

A presidente eleita destacou que Alckmin demonstrou que pretende ter um relacionamento "correto" com o governo federal. Ela fez comentários sobre o telefonema de Alckmin quando respondia a uma pergunta sobre se iria propor ao Congresso a volta da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), que contempla recursos para a saúde. Dilma disse que esse debate é uma necessidade mais dos Estados do que do governo federal. Ela afirmou que não pretende enviar ao Congresso a recomposição da CPMF, mas que terá negociações com os governadores sobre o tema.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.