Dilma assumirá em situação melhor que Lula, diz Paulo Bernardo

Ministro do Planejamento lembrou que, no 1º ano do atual governo, a inflação era superior a 12%

Célia Froufe, de O Estado de S.Paulo,

11 de novembro de 2010 | 09h11

BRASÍLIA - A presidente eleita, Dilma Rousseff (PT), terá um início de governo melhor do que o do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2003, na avaliação do ministro do Planejamento, Paulo Bernardo. "Vai ser completamente diferente. Ela já entra com o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) organizado e tem mais facilidade (para administrar)", disse ele, em entrevista no programa de rádio Bom Dia Ministro.

 

Veja também:

link Bernardo defende critério de reajuste para Bolsa Família

link CPMF deve sair da pauta de discussões, diz ministro

link Dilma defende aumento do salário de ministros

blog Mais cinco nomeados para a equipe de transição

 

O ministro salientou que, no primeiro ano do governo Lula, a inflação era superior a 12% e o juro estava em 25% ao ano. "Tivemos, inclusive, de aumentar o juro no comecinho do governo Lula, fazer arrocho enorme no início do governo", pontuou. Ele comparou ainda o nível de crescimento durante o governo petista, de pouco acima de 4% ao ano, com o anterior, que apresentou incremento médio de 2,2% ao ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.