Dilma anunciará R$ 5,4 bilhões para trem e metrô em SP

Antes de chegar à cidade, presidente disse no Twitter que 'oferecer transporte urbano de qualidade, ágil e a preço justo é um desafio de todos prefeitos e governadores'

JOSÉ ROBERTO CASTRO, Agência Estado

25 de outubro de 2013 | 10h05

A presidente Dilma Rousseff anuncia nesta sexta-feira, 25, na cidade de São Paulo, investimentos do PAC Mobilidade Urbana. Mas antes de desembarcar na capital paulista a presidente comentou os investimentos que serão feitos na cidade em sua conta no Twitter. "Hoje estarei em SP para anunciar pacote de R$ 5,4 bi em investimentos", escreveu a presidente.

"Oferecer transporte urbano de qualidade, ágil e a preço justo é um desafio de todos prefeitos e governadores. Nosso governo tem dado apoio às iniciativas que melhorem de fato a vida dos moradores das grandes cidades", disse Dilma, ressaltando que o investimento é uma resposta ao protestos de junho.

Dilma informou que o dinheiro será usado para expansão da Linha 2 do Metrô e da Linha 9 da CPTM. Além da construção do trem ligando a zona leste ao Aeroporto de Guarulhos e a modernização de 19 estações. "Seria impossível para os Estados e municípios tocarem obras sem apoio do crédito barato e garantido do governo federal", escreveu. Segundo a presidente, o governo federal está colocando R$ 21 bilhões de investimento em Mobilidade Urbana no Estado de São Paulo, que viabilizam investimento total de R$ 33 bilhões.

A chegada da presidente ao aeroporto de Congonhas está prevista para as 9h50. A cerimônia, no Palácio dos Bandeirantes, será às 10h30. Além de Dilma, Fernando Haddad e Geraldo Alckmin participam do evento.

Tudo o que sabemos sobre:
DilmaPAC Mobilidade UrbanaSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.