Dilma anuncia para 5ª feira novo balanço das obras do PAC

Ministra reitera que os efeitos da crise financeira no Brasil não reduzirão o ritmo das obras do PAC

Leonencio Nossa e Leonardo Goy, de O Estado de S.Paulo

28 de outubro de 2008 | 15h33

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, informou nesta terça-feira, 28, que, na próxima quinta-feira, às 10 horas, apresentará o quinto balanço do andamento das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). "A nossa avaliação é de que as obras estão em ritmo bastante bom", disse. Dilma reiterou declaração que tem sido feita insistemente pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva de que os efeitos da crise financeira no Brasil não reduzirão o ritmo das obras do PAC. "O governo não pretende, de maneira alguma, reduzir o ritmo das obras do PAC. Pelo contrário, estamos cada vez mais empenhados em assegurar um ritmo elevado. Chegamos agora ao ritmo de cruzeiro", declarou a ministra, em debate no 3º Encontro Nacional da Indústria. Dilma deu ênfase às obras no setor de transporte ferroviário. Segundo ela, "a espinha dorsal" do sistema logístico, que é a Ferrovia Norte-Sul, está com as obras em ritmo nornal. Especificou que o trecho de Eliseu Martins, no Piau, ao Porto de Pecem, no Ceará, estará pronto até meados de 2010, e o que vai de Salgueiro (PE) até Missão Velha (CE) já começou a ser construído.

Tudo o que sabemos sobre:
PACDilma Rousseff

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.