Dilma agradece apoio do PMDB e exalta papel de Michel Temer

Partido referendou em convenção a reedição da aliança de 2010, entre petistas e peemedebistas

Ricardo Della Coletta, Daiene Cardoso e Rafael Moraes Moura, O Estado de S. Paulo

10 Junho 2014 | 17h20

Brasília - Num discurso repleto de afagos ao PMDB, a presidente Dilma Rousseff afirmou na tarde desta terça-feira, 10, que a aliança vai vencer a eleição deste ano. “Juntos vencemos a eleição em 2010 e juntos vamos vencer a eleição de 2014”, declarou a presidente durante a convenção nacional peemedebista.

“Juntos nós vamos fazer o Brasil andar para frente. É com convicção e alegria que eu agradeço esse grande partido”, disse.

Nesta terça, a convenção do PMDB chancelou, por 398 votos favor a 275 contra, a reedição da aliança nacional com o PT. Em agradecimento à reedição do acordo de 2010, Dilma distribuiu elogios a seu vice e companheiro de chapa, Michel Temer, classificando-o de “estadista e companheiro”. “Ele desempenhou um papel de grande importância, ampliando a sua participação na vida nacional”.

A presidente disse ainda que muitas das conquistas do governo se deve à parceria com o PMDB. “Pude contar sempre com o Temer. Ele é um articulador de consenso”, acrescentou. “Ele sabe aproximar as pessoas, unir e desarmar os espíritos”.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.