Dias: oposição conta com PT para reverter arquivamento

O vice-líder do PSDB no Senado, senador Alvaro Dias (PR), disse hoje que a oposição conta com a "solidariedade" do PT para conseguir reverter o arquivamento das ações contra o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), no Conselho de Ética. "A oposição tem conversado com o PT. Há sempre a hipótese da solidariedade do PT neste caso. Aguardamos uma resposta deles", disse o senador Alvaro Dias.

CAROL PIRES, Agencia Estado

10 de agosto de 2009 | 16h37

Na semana passada, o presidente do colegiado, senador Paulo Duque (PMDB-RJ), arquivou as 11 ações contra José Sarney. Para reverter o arquivamento, a oposição precisa de pelo menos oito dos 15 votos da comissão. DEM e PSDB possuem, juntos, cinco vagas. O PT, outras três. Assim, caberá ao PT a decisão de manter o arquivamento das denúncias ou pedir a abertura de processo disciplinar contra o presidente da Casa.

"Há um pessimismo, mas não podemos jogar a toalha antes da hora. O voto do colegiado será aberto, não tem voto fechado e, por isso, sobra uma esperança", disse. Hoje acaba o prazo para apresentação de recurso contra o arquivamento de três denúncias do líder do PSDB, Arthur Virgílio (AM), e uma representação de autoria do PSOL. Na quarta-feira, acabará o prazo para recurso das demais ações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.