Dia especial também para outras mulheres

Oito seguranças femininas acompanharam o carro presidencial; no veículo, filha de Dilma chamou atenção; mulher do vice-presidente foi destaque

Ivan Marsiglia, O Estado de S. Paulo

01 de janeiro de 2011 | 21h44

SÃO PAULO - Presenças femininas deram o tom na posse da primeira mulher presidente do Brasil. Ainda no caminho para o juramento constitucional de Dilma Rousseff no Congresso, oito seguranças mulheres acompanharam o Rolls-Royce presidencial, enfrentando impávidas a chuva torrencial que caía em Brasília. No veículo, sempre ao lado da presidente eleita, a filha Paula Rousseff Araújo, chamava a atenção pela impressionante semelhança com a mãe.

 

Procuradora do trabalho no Rio Grande do Sul, Paula tem 34 anos e é casada com o advogado e administrador de empresas Rafael Covolo. Em setembro, os dois deram a Dilma seu único neto, Gabriel.

 

Já no Parlatório, onde se daria a cerimônia de transmissão da faixa presidencial, o choro copioso da ex-primeira dama Marisa Letícia precedeu ao do próprio presidente Lula. E, no discurso de posse que dirigiu à Nação tão logo o antecessor se retirou, Dilma Rousseff fez questão de mencionar não só o vice-presidente Michel Temer, como a presença vistosa e discreta de sua mulher, Marcela Tedeschi Temer.

 

Aos 27 anos, a ex-Miss Campinas 2002 e vice Miss São Paulo no mesmo ano, conheceu Temer num churrasco em Paulínia, no interior paulista, sua terra natal. Pedida em casamento pelo pretendente 42 anos mais velho, a bela estudante de Direito disse sim no dia 26 de julho de 2003. Hoje formada, Marcela tem com o vice-presidente um filho, também chamado Michel.

 

Mais esfuziante foi a chegada da senadora Marta Suplicy (PT-SP) para a festa da posse, a bordo de um tailleur vermelho sangue com estampas quadriculadas, colar de pérolas e sapatos rubros de verniz. Tanta vitalidade destoava ao lado da ministra do Supremo Tribunal Federal Ellen Gracie, vestida sobriamente com uma blusa cor de grafite.

Tudo o que sabemos sobre:
PosseDilma Rousseff

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.