DF tem emissora mais cara

A TV Assembleia proporcionalmente mais cara do País hoje é a do Distrito Federal. Ela custará neste ano cerca de R$ 4,2 milhões - ou R$ 1,75, em média, por habitante. A TV mais barata para os contribuintes é a baiana - R$ 0,14 per capita. Ela oferece, assim como a do DF, programação 24 horas em canal a cabo.Há emissoras que funcionam com 20 funcionários e outras com 100. As mais enxutas são as de Goiás e Santa Catarina, com média de um funcionário a cada dois parlamentares. A Câmara do DF tem a maior relação - quase dois profissionais para cada deputado.Na Paraíba, parte da equipe é de assessores cedidos pelos deputados. Para driblar a falta de pessoal técnico, muitas recorrem à terceirização. "Ter funcionários concursados é o que vai trazer ainda mais profissionalismo", diz o diretor da TV do Amazonas, Flávio Assem. Em Santa Catarina, antigos banheiros hoje abrigam as ilhas de edição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.