Dez testemunhas do mensalão excluídas

O Supremo Tribunal Federal decidiu ontem que dez testemunhas que vivem no exterior não serão ouvidas na ação penal sobre o esquema do mensalão. O STF concluiu que os acusados não conseguiram provar que esses depoimentos eram imprescindíveis. A exclusão dessas testemunhas poderá tornar o processo menos demorado. Em consequência da decisão, só três testemunhas que vivem em Portugal vão depor. Os depoimentos deverão ser tomados num prazo de seis meses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.