Dez são presos por fraudes no Amazonas

A Polícia Federal prendeu ontem 10 pessoas na Operação Vorax 2, que investiga desvio de verbas em fraudes em licitações na Prefeitura de Coari (AM). Entre os presos está o vice-prefeito Rodrigo Alves (PP). Segundo o delegado Jocenildo Cavalcante, os desvios chegam a R$ 30 milhões. Ele diz que o "chefe da quadrilha" é o prefeito de Coari, Adail Pinheiro (PP). Pedido de prisão preventiva contra ele foi negado na Operação Vorax 1, em 20 de maio, quando foram presas 23 pessoas, e novamente solicitado. Pinheiro disse que não iria se pronunciar. O advogado do vice-prefeito não foi localizado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.