Desempenho do PAC se reflete em emprego, diz ministra

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, afirmou nesta quinta-feira (13), durante o primeiro Encontro Estadual com Novos Prefeitos e Prefeitas, realizado em Ribeirão Preto, São Paulo, que o bom desempenho do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) se reflete em emprego e renda. "Falar em pessimismo numa economia que garante praticamente pleno emprego me parece contrassenso. O Brasil é um dos países do mundo com menor taxa de desemprego", disse. Segundo ela, o emprego em obras de infraestrutura cresceu 77% desde o lançamento do PAC, ao passo que a média de geração de emprego, no mesmo período, foi de 33%.

BEATRIZ BULLA E GUSTAVO PORTO, Agência Estado

13 Junho 2013 | 11h38

Ela ressaltou ainda que o PAC soma R$ 208 bilhões só para o Estado de São Paulo, cerca de 20% do total do PAC em todo o País. A ministra mencionou os investimentos no Rodoanel, Ferroanel, transporte de alta velocidade (TAV) e projetos para aeroportos regionais.

Além disso, há recurso de R$ 4 bilhões para 63 municípios paulistas que enfrentarem enchentes e deslizamento de encostas. Ela mencionou ainda a previsão de R$ 12 bilhões para intervenções de corredores de ônibus e medidas de melhoria do trânsito nas grandes cidades do Estado paulista e R$ 9 bilhões na área de saneamento.

Mais conteúdo sobre:
prefeitos encontro Ribeirão Preto

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.