Desaceleração da China contribui para prosperidade global, diz Lagarde

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, disse neste final de semana que a desaceleração da economia chinesa é legítima e que pode contribuir com a prosperidade global.

Estadão Conteúdo

22 de março de 2015 | 11h05

Em discurso durante o Fórum de Desenvolvimento da China, realizado em Pequim, Lagarde elogiou o governo por seu trabalho para construir um sistema legal com foco combate à corrupção e à poluição. Ela também enalteceu Pequim em seus esforços para o desenvolvimento fora da China, referindo-se ao novo Banco Asiático de Desenvolvimento da Infraestrutura.

Segundo Christine Lagarde, a China está "clareando o caminho para um maior envolvimento com o mundo por meio de investimentos, comércio e mais participação no diálogo multilateral".

No Fórum, o vice-primeiro-ministro, Zhang Gaoli, disse que a proteção ambiental e o desenvolvimento sustentável serão prioridades.

O Fórum de Desenvolvimento da China reúne anualmente acadêmicos, empresários e representantes de organizações multilaterais. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ChinaFMILagarde

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.