Derrota rápida de Itamar é articulada no PMDB

Enquanto os aliados do governador de Minas Gerais, Itamar Franco, tentam em vão convencer a cúpula do PMDB a definir um colegiado amplo para as prévias de janeiro, os governistas e independentes do partido articulam uma derrota relâmpago do governador mineiro, na reunião da Executiva Nacional desta tarde. Os dirigentes do PMDB planejam uma reunião rápida da Executiva, impondo uma derrota acachapante a Itamar, na esperança de que ele retire sua pré-candidatura. A idéia é usar uma máxima da política mineira que diz que se decide primeiro para reunir-se depois. "Não queremos mais conversa. Queremos derrotá-lo rapidamente e pagar para ver como ele vai reagir", resume um dos dirigentes do partido, que participa da articulação da cúpula.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.