Derrota no TSE leva Belinati ao Supremo

Os advogados que defendem Antonio Belinati (PP), candidato a prefeito mais votado nas eleições de Londrina (PR), vão tentar, em recurso extraordinário ao Supremo Tribunal Federal (STF), reverter a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que na quinta-feira confirmou a rejeição do registro de sua candidatura. Eles devem argumentar que houve alteração das regras, depois que o processo eleitoral estava em curso, para cassar o registro. O Ministério Público havia pedido a cassação do registro sob alegação de que Belinati teve rejeitada, pelo Tribunal de Contas do Paraná, a prestação de contas de 1999.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.