Deputados voltam a discutir correção do FGTS

Uma nova rodada de negociações do projeto que prevê o pagamento das perdas de contas do FGTS nos Planos Verão e Collor 1 será promovida, hoje, a partir das 15 horas, na Comissão de Trabalho da Câmara dos Deputados. Segundo informou a assessoria do deputado Luiz Antônio de Medeiros (PL-SP), diante da perspectiva de votação do projeto, amanhã, pela comissão, o parlamentar quer melhorar alguns pontos do projeto.Entre esses pontos estão a tentativa de elevar, de R$ 1.000,00 para R$ 2.000,00, o valor dos pagamentos a serem feitos logo, sem deságio, e a liberação dos pagamentos para aqueles trabalhadores que se aposentarem por invalidez. Em compensação, os trabalhadores com créditos superiores a R$ 10 mil receberiam seu ressarcimento em oito parcelas semestrais, em vez de sete, como está previsto no projeto.Segundo a assessoria do deputado, o ministro do Trabalho, Francisco Dornelles, confirmou presença para a reunião de hoje, e o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), Horário Lafer Piva, ficou de enviar um representante da entidade. Também a Central Única dos Trabalhadores, que não fez parte do acordo fechado por entidades sindicais e parte do empresariado com o governo em torno do projeto, ficou de participar da reunião.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.