Deputados faltam e beneficiam acusado de receber mensalão

A falta de quórum impediu a realização da sessão desta sexta-feira da Câmara dos Deputados. No horário limite para a abertura da sessão, às 9h30, estavam na Casa apenas seis deputados, número muito abaixo do mínimo de 51 presenças. A falta de quórum nas sextas e segundas-feiras se tornou rotineira e tem atrasado os processos de cassação. Desta vez, a não realização da sessão atingiu o processo contra o deputado Pedro Henry (PP-MT), que está sob contagem de prazo de cinco sessões para recurso antes de ser incluído na pauta do plenário. O pedido de cassação de Henry foi rejeitado no Conselho de Ética da Câmara. Na próxima segunda-feira, haverá sessão com votações e, com isso, a ausência de parlamentares é punida com corte no salário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.