NILTON FUKUDA/ESTADÃO
NILTON FUKUDA/ESTADÃO

Deputados e senadores de SP vão destinar R$ 219 mi em emendas ao combate do coronavírus

Decisão foi unânime entre todos os parlamentares que participaram de reunião virtual; escolha foi feita por congressistas de todo o espectro político

Paula Reverbel e Pedro Venceslau, O Estado de S.Paulo

24 de março de 2020 | 19h49

Os deputados federais e senadores de São Paulo decidiram nesta terça-feira, 24, redirecionar R$ 219 milhões em emendas de bancada para ações de combate à pandemia do novo coronavírus. O dinheiro é o total que a bancada tinha direito de direcionar neste momento e os valores serão pagos ao governo do Estado até 30 de março.

De acordo com o deputado Vinicius Poit (Novo), coordenador da bancada paulista, a ação foi definida em reunião virtual da qual participaram dezenas dos 73 deputados e senadores que representam São Paulo. A decisão foi unânime: todos os participantes concordaram no direcionamento de todos os recursos de bancada.

“Foi muito bacana ver a união de todos”, afirmou Poit ao Estado. A decisão contou com a participação de congressistas de todo o espectro político. O deputado disse ainda que a decisão é “o mínimo que podemos fazer como parlamentares”.

“A crise é grave, por isso devemos nos unir e evitar consequências ainda maiores”, acrescentou.

A realocação de recursos foi possível graças à abertura de uma janela exclusiva para as bancadas estaduais fazerem pedidos de alterações orçamentárias que suplementam, mediante a edição de crédito extraordinário, a programação orçamentária específica do Ministério da Saúde. Os valores não incluem as emendas individuais dos parlamentares.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.