Deputados do PSDB falam em apoio à candidatura de Aldo

O presidente da Câmara, deputado Aldo Rebelo (PC do B-SP), recebeu apoio de deputados tucanos durante um almoço que reuniu nesta terça-feira 32 deputados de diferentes partidos. "Tenho consciência de que os dois são Lula. Um (Chinaglia) é Lula e PT, e o outro (Aldo) é Lula e nos trata com respeito e é o candidato de todos os partidos", afirmou o deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), após a reunião, comparando a candidatura de Aldo à de Arlindo Chinaglia (PT-SP).Hauly considerou a candidatura de Chinaglia "extremamente" petista. "O PT vai tutelá-lo, caso ele assuma a presidência da Câmara", disse o deputado tucano. "Essa centralização no PT impede totalmente o apoio do PSDB a Chinaglia. É contra os interesses políticos do PSDB", completou Hauly.O deputado eleito Albano Franco (PSDB-SE) também participou do almoço. "O PSDB, por enquanto, nos deixou à vontade. A simpatia, no entanto, é pela candidatura de Aldo", afirmou Franco.Deputados do PFL também participaram do almoço. O líder da bancada pefelista, deputado Rodrigo Maia (RJ), criticou a declaração do líder do PT, deputado Henrique Fontana (RS), de que o perdedor da disputa entre Chinaglia e Aldo será escolhido para um ministério no governo Lula. "A Câmara não é cota ministerial como o PT pensa. O Legislativo é um outro Poder", disse Maia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.