André Dusek/Estadão
André Dusek/Estadão

Deputados do PMDB e do Centrão entregam nota de compromisso e apoio a ações do governo

Texto reafirma, ainda, intenção de colaborar com a aprovação da PEC do teto dos gastos; líder do PSD, Rogério Rosso, afirmou que documento foi entregue em almoço com Temer

Carla Araújo e Isadora Peron, O Estado de S.Paulo

15 de setembro de 2016 | 16h20

BRASÍLIA - O líder do PSD na Câmara, Rogério Rosso (DF), afirmou nesta quinta-feira, 15, que deputados do Centrão e do PMDB entregaram ao presidente Michel Temer uma nota de "compromisso e apoio" às ações do governo e que, durante almoço realizado no Palácio do Planalto, reafirmaram a intenção de colaborar com a aprovação da PEC do teto dos gastos.

Na nota, subscrita por parlamentares do PMDB, PP, PR, PSS, PRB, PTB e Solidariedade, os deputados afirmam que o País precisa "com urgência" retomar seu crescimento e seu desenvolvimento econômico e que eles sabem a importância do Congresso neste processo. "Estamos preparados para esse cenário e conscientes do nosso papel na Câmara dos Deputados visando garantir o amplo debate e a aprovação dos temas fundamentais para a sociedade brasileira e para a reinserção do Brasil no rol das nações competitivas e desenvolvidas", escreveram.

Os deputados ainda reiteraram o "mais absoluto e irrestrito compromisso e apoio às ações do governo" e elogiaram a postura de líder de Temer. "Reafirmamos nossa confiança na condução e liderança firme, altiva e democrática do Excelentíssimo senhor presidente da República Michel Temer, principal indutor e patrocinador das medidas e ações que garantirão melhor qualidade de vida, mais dignidade, mais oportunidades e mais esperança ao povo brasileiro", diz o texto.

Temer recebeu para um almoço no Planalto, além de Rosso, o líder do PMDB, Baleia Rossi (SP), Aelton Freitas (PR-MG), Jovair Arantes (PTB-GO), Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), Márcio Marinho (PRB-BA) e Paulinho da Força (Solidariedade-SP). Também participou do encontro o líder do governo André Moura (PSC-CE). 

Confira a íntegra da carta:

"As rápidas transformações e desafios em áreas fundamentais para a humanidade estão em pleno curso - na economia, nas relações sociais, na prestação de serviços públicos essenciais (saúde, educação, segurança, infraestrutura), no meio ambiente, nas atividades comerciais internas e externas, nas atividades produtivas e laborais, na diversidade cultural, nas comunicações, na tecnologia, na mobilidade, na defesa, dentre outras.

O Brasil precisa com urgência retomar seu crescimento e seu desenvolvimento econômico, social e tecnológico, garantindo o mais rápido possível o retorno de sua capacidade de investimentos e consequentemente geração de empregos e renda. Para isso, temos a convicção que alcançaremos êxito somente através de uma nova ordem tributária, fiscal, previdenciária, produtiva, política, econômica, federativa, tecnológica, educacional, de saúde e de gestão pública no Brasil.

Estamos preparados para esse cenário e conscientes do nosso papel na Câmara dos Deputados visando garantir o amplo debate e a aprovação dos temas fundamentais para a sociedade brasileira e para a reinserção do Brasil no rol das nações competitivas e desenvolvidas.

Reiteramos nosso mais absoluto e irrestrito compromisso e apoio às ações do governo ao temo que reafirmamos nossa confiança na condução e liderança firme, altiva e democrática do Excelentíssimo senhor presidente da República Michel Temer, principal indutor e patrocinador das medidas e ações que garantirão melhor qualidade de vida, mais dignidade, mais oportunidades e mais esperança ao povo brasileiro."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.