Deputados do Paraná criam plano de previdência

A Assembléia Legislativa do Paraná aprovou, na noite de quinta-feira, 14, projeto de lei que cria o Plano de Previdência Complementar Privado para os deputados estaduais. O sistema é facultativo e contributivo. Por meio dele, os deputados poderão complementar o valor máximo da aposentadoria previsto no Regime Geral de Previdência Social, igualando-se ao rendimento da ativa. Para beneficiar-se, o segurando deverá ter no mínimo 60 anos de idade, ter cumprido pelo menos cinco legislaturas e comprovar 35 anos de contribuição efetiva, para os homens, ou 30 anos, para as mulheres, ao Instituto Nacional de Previdência Social (INPS). A remuneração ao aposentado será de no máximo 85% sobre o valor de contribuição em todo o período. Não haverá aporte de recursos por parte da Assembléia Legislativa.

Agencia Estado,

15 Dezembro 2006 | 20h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.