André Dusek/Estadão
André Dusek/Estadão

Deputados dizem que caso Bebianno pode afetar reformas e cobram governo

Temor é que a situação política afete - ou até impeça - a votação de reformas como a da Previdência

Gregory Prudenciano, O Estado de S.Paulo

15 de fevereiro de 2019 | 13h27

Deputados simpáticos à reforma da Previdência estão apreensivos com a crise que envolve o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno. O temor é que a situação política afete - ou até impeça - a votação de reformas como a da Previdência, que deve ser apresentada ao Congresso na próxima semana. Entenda as polêmicas envolvendo Bebianno.

Ainda na quinta-feira, 14, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) "tem que comandar a solução (da crise) e não pode misturar família com isso porque sinaliza insegurança para todos". Maia lembrou da reforma da Previdência e declarou que é hora do governo "sinalizar liderança e unidade".

O deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), repercutindo pelo Twitter a capa do Estado desta sexta-feira, 15, que fala sobre a reforma da Previdência, escreveu que "o governo não pode perder o foco e gastar energia com questões que devem ser investigadas pela polícia ou pela Justiça Eleitoral".

O tucano cobrou foco ao governo, que, segundo ele, "deve ser a reforma da Previdência". Ainda mais enfático foi o deputado Marcelo Aro (PP-MG), também pelo Twitter. "O que passa na cabeça do cidadão pra fazer uma m... dessa? Será que essa turma não entende que essa palhaçada pode nos custar a reforma da Previdência?", disse.

Outro parlamentar preocupado com a influência da crise é o deputado Rubens Bueno (PPS-RJ), que disse que o "o presidente precisa urgentemente estancar esse processo para não deixar que ele contamine todo o restante do governo e inviabilize a votação das reformas". Bueno também questionou a influência dos filhos do presidente Bolsonaro no governo. "Se o presidente não consegue controlar as intromissões de sua família, como é que vai controlar o governo?", emendou.

Para Entender

A crise entre Bebianno e a família Bolsonaro em 7 pontos

Caso tem origem em suspeitas de financiamento de candidaturas laranjas e nas desavenças entre o ministro e o filho do presidente. Clique aqui e entenda a tensão entre o presidente Jair Bolsonaro e seu ministro da Secretaria-Geral da Presidência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.