Deputados distritais vão à PF negociar ida de Durval Barbosa

Convocação do ex-secretário de Relações Institucionais foi aprovada por unanimidade na 1ª reunião da CPI

estadao.com.br,

18 de janeiro de 2010 | 15h13

Os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Codeplan têm um encontro nesta terça-feira, 19, com o diretor-geral da Polícia Federal, Luiz Fernando Corrêa, para discutir como viabilizar o depoimento do ex-secretário de Relações Institucionais do GDF, Durval Barbosa, à comissão. A reunião está prevista para as 14h30 na sede da PF (Quadra 6 do Setor de Autarquias Sul).

 

A convocação de Barbosa, autor das denúncias que deram origem à Operação Caixa de Pandora, foi solicitada pelo deputado Paulo Tadeu (PT) e aprovada por unanimidade na primeira reunião da CPI, na última quinta-feira, 14. Segundo informações da assessoria do distrital Paulo Tadeu, a expectativa é de que a oitiva de Barbosa aconteça em, no máximo, 30 dias.

 

Com informações da Câmara-DF

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.