Deputados brigam em Manaus

O clima eleitoral em Manaus está esquentando mais do que se esperava. Por causa da disputa pelo poder na Assembléia Legislativa do Amazonas, dois deputados trocaram agressões no fim da tarde de quarta-feira. O vice-presidente da Casa, Belarmino Lins (PPS), e o secretário-geral da Mesa Diretora, Washington Regis (PP), travaram violenta discussão em plena sala do diretor-geral, Wander Mota. Apesar de os parlamentares desmentirem as agressões físicas, embora confirmem as agressões verbais, várias testemunhas garantem que os dois partiram para a briga depois de várias ofensas pessoais. Estas mesmas testemunhas afirmam que o motivo da confusão teria sido uma viagem ao Chile, que deveria ser feita pelo deputado Eron Bezerra (PCdoB). Ele iria participar de um encontro do Mercosul indicado pelo vice-presidente da Assembléia, Belmiro Lins. Ao saber quer o presidente da Casa, deputado Lino Chíxaro (PPS), havia vetado a viagem por contenção de despesas, Belarmino foi tirar satisfações com Regis, aliado político do presidente da Assembléia. No meio da discussão, Washington Regis teria sido empurrado por Lins e revidado com um tapa no rosto. Os dois tiveram que ser contidos por outros parlamentares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.