Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Deputado renuncia no RN por suposta ajuda a amigo

O deputado estadual Gilson Moura (PV) renunciou aos três últimos meses de mandato da atual legislatura na Assembleia do Rio Grande do Norte, abrindo vaga para a posse do primeiro suplente, o ex-vereador Sargento Siqueira (PV). A renúncia não traz prejuízos para Gilson, reeleito para mais quatro anos como deputado (a posse ao novo mandato será em fevereiro de 2011) e está sendo vista como "uma manobra" para atrapalhar o julgamento da Operação Impacto.

ANNA RUTH DANTAS, Agência Estado

04 de novembro de 2010 | 18h20

Sargento Siqueira, junto com vários outros ex-vereadores, vereadores e empresários, é réu no processo, acusado de integrar um suposto esquema de corrupção que funcionava dentro da Câmara Municipal de Natal para a venda de votos nas discussões sobre o Plano Diretor da cidade. Como passa a ter como réu um deputado, o processo da Impacto, que tramita na 4ª Vara Criminal, irá para o Tribunal de Justiça.

Essa é a segunda vez que alguém envolvido na Operação Impacto ganha foro privilegiado. A primeira ocorreu no mês de abril, quando o vereador Júlio Protásio (PSB) foi nomeado para secretário estadual de Esporte e Lazer. Na semana passada, Protásio foi exonerado da pasta e o processo retornaria à primeira instância. A expectativa era de que a sentença do juiz Raimundo Carlyle fosse emitida no início de 2011. O deputado Gilson Moura, que está no seu segundo mandato, entregou o pedido de renúncia, mas não apresentou qualquer explicação no documento.

Tudo o que sabemos sobre:
renúnciadeputadoRNajudacolega

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.