Deputado reafirma que emprestou carro da Planam a Magno Malta

O deputado Lino Rossi (PP-MT) enviou ofício ao Conselho de Ética do Senado no qual diz que, no final de 2001, recebeu, por empréstimo, um veículo Fiat Ducato de Darci José Vedoin para realização da campanha eleitoral de 2002, quando concorria a uma vaga na Câmara.Segundo ele, após as eleições, em conversa informal com Magno Malta, com quem diz ter laços de amizade, mencionou a existência do veículo. O senador então teria dito que estava em dificuldades financeiras e precisava de transporte para sua banda gospel "Tempero do Mundo", com a qual viajava fazendo shows. Lino Rossi disse que, por ter os mesmos princípios religiosos do senador, ofereceu a ele o carro que havia recebido de Vedoin, advertindo, contudo, que o veículo devia ser devolvido assim que fosse requisitado de volta - o que foi feito após cerca de um ano e meio.Na avaliação de Biscaia, Lino Rossi fornece provas contra o senador, com essa carta. Biscaia adianta que a CPMI das Sanguessugas deve convocá-lo para prestar esclarecimentos sobre esse episódio, já que o Conselho de Ética do Senado não tem poder para convocar ninguém. Lino Rossi não compareceu para depor no Conselho de Ética do Senado hoje.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.