Divulgação
Divulgação

Deputado petista diz duvidar que Temer entre no 'barco furado' do impeachment

Paulo Teixeira minimiza saída de Padilha, que é aliado do vice-presidente, de ministério e avalia que PT vai 'caminhar bem com Temer e PMDB'

Ana Fernandes e Ricardo Galhardo, O Estado de S.Paulo

04 de dezembro de 2015 | 16h39

O deputado Paulo Teixeira (PT-SP) minimizou nesta sexta-feira, 4, a saída de Eliseu Padilha (PMDB) do ministério da Aviação Civil - Padilha é um dos principais aliados do vice-presidente da República Michel Temer. O petista disse conhecer bem Temer e que duvida que ele entre no "barco furado" que a seu ver é o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff.

"Conheço há muitos anos o vice-presidente Michel Temer, ele é um homem com enorme experiência política e ele não entra em barco furado. Esse processo de impeachment é um barco furado. Sabemos que ele não entrará e o próprio PMDB, pelo seu líder (Leonardo Picciani), já disse que não defende o impeachment", disse Teixeira.

"Temos certeza que vamos caminhar bem com o vice-presidente Michel Temer e com o PMDB. As decisões do Eliseu Padilha de sair do governo eu não sei quais foram, mas tenho certeza que Temer não vai entrar nesse barco furado", reforçou. Desde o deferimento do pedido de impeachment pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), Temer tem evita se reunir com a cúpula do governo e também não fez declarações públicas pró-governo, como deseja o Planalto.

O vice-presidente veio a São Paulo, como costuma fazer aos finais de semana, mas não tem agenda pública neste sábado e domingo. Na segunda-feira, Temer participa de evento do Grupo de Líderes Empresariais (Lide) ao lado do governador tucano Geraldo Alckmin - o evento estava agendado há semanas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.