André Dusek/Estadão
André Dusek/Estadão

Deputado nega que lista com valores tenha a ver com votação de denúncia

Oposição diz que foto que circula na internet comprova que houve 'compra de votos' por Temer e acusa Darcísio Perondi (PMDB-RS)

Isadora Peron, O Estado de S.Paulo

25 de outubro de 2017 | 18h53

BRASÍLIA - Após uma foto começar a circular na internet, o deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS) negou que a lista com valores do Ministério da Agricultura que estava analisando no plenário tenha a ver com a votação da segunda denúncia do presidente Michel Temer.

+++ Acompanhe a cobertura da votação da segunda denúncia contra Temer

A oposição afirmou que a imagem comprovava que houve "compra de votos" e acusou o deputado, um dos principais integrantes da tropa de choque de Temer, de "conferir" se os deputados que receberam recursos da pasta estavam em plenário nesta quarta-feira, 25.

+++ Ministros atuaram para garantir quórum na votação da denúncia contra Temer

Segundo Perondi, o documento é uma lista de demandas de cidades do Rio Grande do Sul feitas ao seu gabinete. "Eu estava trabalhando a relação dos pedidos dos municípios. Eu não fui ao meu gabinete e pedi para a minha secretária trazer (ao plenário) para eu poder trabalhar", disse.

+++ Base aposta em placar semelhante à primeira votação

No documento, constam os campos "município", "órgão", "objeto" e "valor", sob o título "propostas do Ministério da Agricultura". O cabeçalho traz "gabinete do deputado federal Darcísio Perondi". 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.