Deputado mostra cédulas no valor do mínimo e tumultua sessão

O deputado Wladimir Costa (PMDB-PA) provocou um tumulto na sessão da Câmara que discute o salário mínimo. O deputado ergueu com o braço cinco notas de R$ 50 e uma de R$ 10 para mostrar o valor do salário mínimo que o governo deseja ver aprovado. O presidente da Câmara, João Paulo Cunha (PT-SP), pediu que o deputado se manifestasse sem tumultuar a sessão, porque muitos deputados estavam se sentindo ofendidos. Costa ficou com uma bandeira do Pará amarrada às cotas como uma capa e, em seguida, mostrou aos jornalistas um maço de várias notas de R$ 50, comparando o salário do deputados e o salário mínimo pretendido pelo governo. O salário dos deputados e senadores é de R$ 12.720. "Não estou dizendo que os deputados estão sendo comprados. Estou só mostrando o que é o salário mínimo que o governo deseja", disse Costa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.