Deputado federal pelo Acre morre em acidente rodoviário

O candidato a deputado federal pelo Acre e presidente da Câmara de Vereadores de Rio Branco, Jessé Santiago (PSB), morreu após sofrer um acidente de carro na BR-364, perto da reserva indígena Katukina, no município de Cruzeiro do Sul (AC).

NAYANNE SANTANA, Agência Estado

17 de agosto de 2010 | 16h31

Ele voltava de carona em um veículo de outro parlamentar do Estado após tentar embarcar em um voo da empresa TRIP. A aeronave não foi autorizado a pousar no Aeroporto Internacional de Cruzeiro do Sul devido à cortina de fumaça que encobre as cidades acreanas.

Além de Santiago, outras duas passageiras que estavam no veículo também morreram. Uma das vítimas era a assessora parlamentar Maria Queline de Melo e a filha dela, de apenas cinco anos. No momento do acidente, a caminhonete transportava sete pessoas, quando o correto era transportar cinco passageiros.

Santiago foi ao município na companhia de uma comitiva da coligação Frente Popular do Acre participar de festividades e se reunir com lideranças políticas e eleitores da região. A fumaça que impediu que o avião pousasse e encobre toda a região tem causado transtornos aos habitantes do Acre. Voos têm sido suspensos na capital acreana por falta de visibilidade.

Os hospitais estão lotados com pacientes de todas as idades que sofrem com problemas respiratórios, agravados pela baixa umidade do ar, ausência de chuvas e excesso de fumaça. Em 2005, o Estado do Acre registrou uma estiagem semelhante a que é vista esta semana. Na época, os moradores andavam pela capital utilizando mascaras descartáveis para evitar contato com a fumaça.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.