Deputado estima prejuízo de R$ 542 mi com demarcação

O deputado federal Nelson Padovani (PSC-PR) afirmou que a desapropriação de 100 mil hectares de fazendas no oeste paranaense para criação de terras indígenas implicaria prejuízos da ordem de R$ 542 milhões com o fim da produção de soja e trigo. As perdas na soja são estimadas em R$ 357 milhões e no trigo de R$ 185 milhões.

ANNE WARTH E VENILSON FERREIRA, Agência Estado

08 de maio de 2013 | 14h00

Segundo ele, os estudos para demarcação atingem 18 propriedades, sendo 15 fazendas em Guaíra e outras 3 em Terra Roxa. O parlamentar deu as informações durante audiência na Comissão de Agricultura da Câmara, que ouve a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, sobre a identificação e delimitação das terras indígenas no Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.