Deputado estadual do Amazonas é cassado

Durante mais de 13 anos, o corretor de imóveis Antônio do Nascimento Cordeiro desfrutou da vida pública ocupando uma das cadeiras da Assembléia Legislativa do Amazonas. Nesta quarta-feira, esta carreira foi encerrada ao ter o seu mandado cassado por 14 votos contra 6.O deputado estadual, conhecido como "Cordeirinho", acostumado a fumar charutos Cohiba e esbanjar com carros importados, iates e mansões, perdeu o mandato e ainda responde inquérito de liderar uma quadrilha que fraudou o sistema de licitação do Amazonas em cerca de R$ 400 milhões durante os últimos dez anos.Segundo a Polícia Federal, comandou uma quadrilha que chegou a movimentar cerca de R$ 400 milhões em licitações fraudulentas. O esquema contava com a colaboração de membros do governo, também denunciados, entre eles o ex-Secretário de Estado da Fazenda, Alfredo Paes dos Santos, o ex-presidente da Comissão de Licitação do Estado, João Vilela, o ex-titular e o atual da Secretaria de Estado da Infra-Estrutura, Bosco Saraiva e Fernando Elias, o ex-Secretário de Governo, Ari Moutinho, e o atual da Sefaz, Isper Abrahim.Todos, segundo a PF, tiveram algum tipo de participação no esquema e estão indiciados no processo. Mas até agora somente Antônio Cordeiro foi punido com a cassação do mandato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.