Deputado é denunciado por ameaça a governador do AC

O subprocurador-geral da República, Wagner Natal Batista, denunciou, no Supremo Tribunal Federal (STF), o deputado federal José Aleksandro da Silva (PSL-AC) e o empresário Narciso Mendes. Os dois são acusados de cometer o crime de ameaça contra o governador do Acre, Jorge Viana (PT). A suposta ameaça teria sido presenciada por Marluce Andrade da Silva, empregada doméstica na casa de José Aleksandro, que teria ouvido a conversa quando servia água ao deputado e ao empresário. O fato teria ocorrido em 1999. Eles teriam anunciado que se "Jorge Viana não parasse de se meter no que não era da conta dele, acabaria morrendo como morreu o governador Edmundo Pinto". Edmundo Pinto foi assassinado em São Paulo em 1992. O oferecimento de denúncia foi aprovado pelo procurador-geral da República, Geraldo Brindeiro. O Ministério Público Federal quer que o deputado seja notificado sobre a denúncia, para que encaminhe ao STF uma resposta à acusação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.