Deputado é acusado de fraudar Previdência

O Ministério Público Federal em Rondônia entrou com ação por improbidade administrativa contra o deputado Ernandes Amorim (PTB-RO), ex-senador e ex-prefeito de Ariquemes. Ele teria fraudado certidões negativas da Previdência para que uma construtora ganhasse licitações de obras na cidade. Amorim afirmou se tratar de uma "armação política".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.