Deputado do PCdoB contrário à reforma vai deixar a CCJ

O deputado Sérgio Miranda (PCdoB-MG) deverá deixar a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, depois que a Executiva do seu partido decidiu, ontem à noite, apoiar a admissibilidade da proposta de reforma previdenciária do governo naquela comissão. Segundo informação obtida pela Agência Estado junto a parlamentares do PCdoB, o anúncio da substituição de Miranda deverá ser feito esta tarde pelo líder do partido, deputado Inácio Arruda (CE). Miranda tem posição histórica contra a reforma, discordando também da taxação dos inativos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.