Andre Dusek/Estadão
Andre Dusek/Estadão

'Deputado do castelo' assume vaga de Azeredo na Câmara

Parlamentar que ficou conhecido pela propriedade com 36 suítes no interior de Minas não quis fazer declarações ao voltar para a Casa

Daiene Cardoso, Agência Estado

25 de fevereiro de 2014 | 16h55

Brasília - O deputado Edmar Moreira (PTB-MG) tomou posse nesta terça-feira, 25, Câmara dos Deputados no lugar do tucano Eduardo Azeredo (MG), que renunciou ao cargo na semana passada devido ao processo do mensalão mineiro. Ao chegar na Casa, Moreira não quis fazer declarações, cumprimentou colegas e, neste momento, passa pelo trâmite burocrático que todos os parlamentares são submetidos no ato de posse, como registrar as digitais e fazer o juramento na tribuna.

Aos jornalistas, o deputado disse apenas que era um prazer rever todos. "O assédio de vocês não me incomoda. São todas muito simpáticas", desconversou.

Em 2009, Edmar Moreira ficou conhecido como "deputado do castelo" por possuir uma propriedade em São João Nepomuceno, no interior de Minas Gerais, aos moldes das construções medievais europeias, com 36 suítes, jardins e um lago. À época, Moreira, que era corregedor da Câmara dos Deputados, foi acusado de não declarar o imóvel no Imposto de Renda.

Tudo o que sabemos sobre:
mensalão mineiroAzeredoCâmara

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.