DIDA SAMPAIO|ESTADÃO
DIDA SAMPAIO|ESTADÃO

Deputado diz que impeachment pode ser finalizado no início do ano se não houver recesso

Beto Mansur, primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara, afirmou que tramitação de impedimento é um processo rápido

Bernardo Caram, Daniel Carvalho e Igor Gadelha, O Estado de S.Paulo

03 de dezembro de 2015 | 20h49

O primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara, deputado Beto Mansur (PRB-SP), afirmou nesta quinta-feira, 3, que a tramitação do impeachment da presidente Dilma Rousseff é um processo rápido. Para ele, é possível concluir todos os procedimentos já no início de 2016, caso não ocorra o recesso parlamentar.

A sugestão de suspender o recesso de fim de ano precisa partir dos presidente da Câmara e do Senado. Mansur já se reuniu com o chefe da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e defendeu que haja a suspensão. Segundo ele, Cunha disse que precisa, primeiramente, conversar com Renan Calheiros (PMDB-AL).

O secretário disse que é importante esclarecer à população que o processo de impeachment não é lento. "Ele vai possivelmente até o começo do ano, se não tiver o recesso", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.