Dida Sampaio|Estadão
Dida Sampaio|Estadão

Deputado da tatuagem volta a se manifestar a favor de Temer

Wladimir Costa (SD-PA) ergueu faixa com os dizeres 'Deixa o homem trabalhar' e fez discurso acalorado na Câmara

Isadora Peron, O Estado de S.Paulo

25 de outubro de 2017 | 19h08

BRASÍLIA - Conhecido por fazer uma tatuagem falsa com o nome do presidente Michel Temer na primeira denúncia, o deputado Wladimir Costa (SD-PA) voltou a se manifestar a favor do peemedebista nesta quarta-feira, 25. 

+++ RELEMBRE: Deputado Wladimir Costa tatua nome de Temer no ombro

Após um discurso acalorado na tribuna, o deputado ergueu uma faixa no plenário em que dizia “Deixa o homem trabalhar”. O slogan foi usado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante a campanha de 2006, após o escândalo do mensalão.

+++ Ministros atuaram para garantir quórum na votação da denúncia contra Temer

A oposição também tem usado cartazes para se manifestar. Alguns deputados seguram placas em formato de patos amarelos, dizendo que quem está “pagando o pato” durante o governo Temer é o trabalhador. O protesto é uma referência à campanha da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) durante o impeachment.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Wladimir Costa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.