Deputado comemora aprovação do Fundo Catástrofe na Câmara

Segundo parlamentar, seguro vai 'amortizar' os prejuízos financeiro causados por desastres naturais

CÉLIA FROUFE, da Agência Estado

18 de março de 2010 | 13h11

O deputado Fábio Souto (DEM-BA) comemorou a aprovação, nesta quarta-feira, 17, à noite, na Câmara dos Deputados, do Projeto de Lei Complementar que cria o Fundo de Catástrofe. "Adversidades no clima devastam as lavouras e quebram o produtor, que se endivida, perde patrimônio e não tem nenhuma salvaguarda", comentou o parlamentar por meio de nota à imprensa. "Este seguro irá amortizar os danos financeiros provenientes desses casos. É uma vitória", continuou.

 

O Fundo de Catástrofe, que ainda será votado pelo Senado, destinará R$ 2 bilhões de imediato para a agricultura, pecuária, pesca e silvicultura e mais R$ 2 bilhões no prazo de três anos. Os recursos iniciais são públicos, mas a iniciativa privada, a agroindústria e as cooperativas poderão integrar o fundo posteriormente. A intenção é que, mais tarde, ele seja capitalizado pelos próprios produtores. Pequenos, médios e grandes agricultores serão beneficiados pela medida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.